Vinho e Barba
59 0

Numa “era” em que, infelizmente, quase todas as crónicas de vinhos rondam apenas as notas  organolépticas (risos…) apetece-me debruçar sobre algo diferente. Sei lá…por exemplo, vinho e barba. Eu, amante de vinhos e barbudo me confesso. Se repararem, desde os primórdios que o vinho e a barba são para o homem sinónimos de virilidade, de

Boango branco 2016
39 0

Antes de falar do vinho tenho de obrigatoriamente falar do Hugo…o seu criador! O Hugo consegue impregnar paixão nos seus vinhos, mas é uma paixão que implica “sofrimento”. Ele e os seus vinhos não são “dados”, não se fizeram sozinhos. Exigem uma dose de sofrimento. É necessário um trabalho duro e uma grande vontade para

Busto reserva branco 2017
69 0

Desarrolhar uma boa música…perdão, um belíssimo vinho…desculpem…música…vinho…que diferença faz, vinho ou música?(…subitamente Ornatos Violeta no ar (para ouvir):Um vinho “Para ver / Para dar / Para estar / Para ter / Para ir / Pra ouvir, / Pra sorrir e entrar / Para rir / Pra voltar / A tentar…”)Desarrolhar o Busto da música: de

Quinta dos Abibes arinto & baga Reserva 2013
22 0

É verdade que não vou encontrar a pedra filosofal neste espumante, mas busco-a constantemente. Procurando-a, descubro muitos bons segredos que se não procuravam. São várias as pepitas que vou descobrindo no seu caminho, sempre cada vez maiores. Reforço: é muito mais do que propriedades organolépticas. Experimentem descobrir em vez de explicar… Não somos seres vegetativos,