Muros de Melgaço 2015
16 0

Confesso que às vezes não consigo disfarçar um sorriso e uma pequena cantiga de escárnio e maldizer quando leio em determinados blogs e revistas de especialidade apenas isso:– “este vinho está muito novo”– “este vinho espera mais tempo em cave”– “daqui a uns anos estará bem melhor”– “bebê-lo já é pedofilia”– etc etc etc…blá blá

Maria Papoila 2015
18 0

Desde já posso concluir que foi um vinho que harmonizou bem com uma dourada e batatas assadas no forno.Com 11.5 % álcool, das castas Alvarinho e Loureiro, apresentou uma cor amarela pálida, aromas com alguma intensidade e notas minerais, bem estruturado e equilibrado na acidez. Mas… irei repetir? Sendo este o primeiro Maria Papoila que