GRANDE DISCÓRDIA BRANCO 2018
314 0

A verdade é que tenho andado muito afastado do Alentejo por várias razões que não interessa estar agora a revelar (daria para várias crónicas). Enfim, eu que costumo passar férias anualmente no Alentejo… Contudo, nestes últimos anos começam a aparecer novos projectos e ideias mais arroladas e capazes de me “entreter” nesta região. E efectivamente

Restaurante Stramuntana – Soto Antigo e Quinta dos Roques Branco 2018
390 0

Hoje foi dia de visitar um verdadeiro restaurante transmontano em Gaia, o Stramuntana – Soto Antigo. Ao subir as escadas sou saudado pelo cheiro das aldeias típico das manhãs de outono: o fumo expirado pela lareira e embrenhado nas rústicas paredes…no cimo das escadas a Lídia Brás de braços abertos para nos receber em “Trás

Cistus Garrafeira branco 2011
1171 1

A saudade é uma espécie de tatuagem que nos crava: começam por parecer pequenas e vão crescendo até ganharem formas grandiloquentes. É preciso evitar a saudade ocupando sempre o espírito com novas sensações e novas imaginações. Por exemplo, os vinhos também fazem parte destes estados de alma. Costuma-se dizer que o melhor vinho é o

Giz vinhas velhas branco 2016
179 0

Ao beber o vinho Giz branco vinhas velhas 2016 relembrei-me de um excerto do poema de Saul Dias (irmão de José Régio), in “Essência”: “Um poema é a pedra duma escola com palavras a giz para a gente apagar ou guardar…” Faço destas palavras as minhas para definir este vinho, “apaguei-o” bebendo e guardo-o riscando