Hoje convidei um amigo para almoçar em minha casa e ficou ele de trazer o vinho. Então, resolveu pregar-me uma partida, mesmo ele sabendo da minha aversão por alguns vinhos e igualmente dos meus princípios de vida!

Trouxe o vinho embrulhado em alumínio, para uma espécie de prova cega, e quando a abrimos veio logo um cheiro algo repulsivo aos nossos narizes e também TCA.

Pois bem, a brincadeira correu-lhe mal, o vinho estava intragável. Mal vi o rótulo do vinho fiquei algo incomodado e furioso, porque sempre afirmei que este é dos vinhos que nunca entrará em minha casa.

Portanto, o vinho não estava bebível e o meu amigo não trouxe um vinho suplente. Seria muito fácil para mim ir à minha garrafeira e escolher um vinho, no meio de cerca de 2 mil vinhos.

Como não gostei rigorosamente nada da brincadeira, servi água fresca.

Certamente não me fará outra igual.

Ricardo Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *