Sempre harmonizei arroz de lampreia ou lampreia à bordalesa com vinhão ou um tinto Douro. Mas recentemente deparei-me com um post do Dr. João Póvoa em que contrariou as tendências e acompanhou com o seu Kompassus Espumante Blanc de Noirs.

Estou sempre aberto a tudo, não tenho palas nos olhos, e não me fiz de rogado. “Toca a meter o Espumante no frigorífico e experimentar que o Dr. é capaz de ter razão…”

Liguei ao Sr José Magalhães da Casa Velha D’ Aldeia a perguntar se me arranjava uma bicharoca e ele prontificou-se logo a vir trazer uma a minha casa. Deixem-me que vos diga uma coisa, o Sr José além de ser um exímio cozinheiro e ter um espaço que é um regalo, é um Homem com uma generosidade enorme e um grande coração. É obrigatório abraçar o Sr. José…

Andei indeciso até ao último minuto, antes de confeccionar, sobre se iria fazer à bordalesa ou arroz de lampreia. Desta vez optei pela bordalesa, em boa hora o fiz porque se tornou um pairing divinal, inseparável e digno de registo.

Espumante Kompassus Blanc de Noirs 2013…memorável em todos os sentidos. Belíssima sofisticação aromática, grande presença de boca e elegante, bolhas finas e persistentes, acidez vibrante. Aguentou firme e longamente a lampreia à bordalesa e sempre num um registo sedutor e surpreendente.

P.S.: apressei-me logo a comprar mais Kompassus; nunca se sabe o dia de amanhã e não quero que me falte nada.

Ricardo Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *