Hoje foi dia de visitar um verdadeiro restaurante transmontano em Gaia, o Stramuntana – Soto Antigo.

Ao subir as escadas sou saudado pelo cheiro das aldeias típico das manhãs de outono: o fumo expirado pela lareira e embrenhado nas rústicas paredes…no cimo das escadas a Lídia Brás de braços abertos para nos receber em “Trás os Montes”.

Logo logo começa o desfile regional, a começar pela tábua de queijos e enchidos.

Nos pratos principais optei pelas Caras de Bacalhau Fritas com Arroz de Legumes Malandrinho e pelo Botelo com Casúlas. Rigorosamente nada a apontar, de um lado só ficaram as espinhas, do outro uns meros ossinhos.

Optei pela simplicidade de um Quinta dos Roques Branco 2018 (não me apeteceu um tinto) e, na minha opinião, ligou muito bem com tudo.

Para terminar, nas sobremesas, optei pelo Pudim de Grelos, uma enorme surpresa pela simplicidade e ligação de ingredientes improváveis como é o caso dos grelos e pudim, e pelo Milho Doce, uma sobremesa não muito doce mas que adorei juntamente com um café.

Confesso que ainda fisguei numa prateleira o licor Singeverga mas já não entrava mais nada…

Só na próxima visita, espero que muito brevemente, é que entrará algo mais (como o Bife à Stramuntana que fiquei a ougar)…

Ricardo Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *