Annuntio vobis gaudium magnum: Conclave 3.

Bebi este vinho 1 mês após o nascimento da minha filha e devo dizê-lo que foi a melhor resposta aos meus desejos: celebrar o nascimento da minha filha.

Não é um vinho que se procure para matar o tempo, é um vinho que se procura para as horas vivas, para tornar o tempo memorável.

Por vezes consigo substituir um vinho por outro, trocá-lo, sem medida nem dó.
Este Conclave não, não o consigo substituir, tem o seu lugar e é insubstituível.

À medida que o bebo diminuo de tamanho tal a sua grandiosidade, transmite um conforto indescritível de nos sentirmos seguros, instantâneos e absolutos, preenche as minhas necessidades e anula todo o vazio que poderá haver em mim.

Com este Conclave consigo caminhar no escuro como se estivesse à luz do dia…

Ricardo Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *