Hoje prometo não escrever um grande texto nem uma história fictícia ou biográfica.

Apenas para dizer que este vinho é de facto um grande vinho. Tão certo como eu ser um ser humano.

Por vezes, raras, as coisas parecem ser o que são: – tal como este vinho é um grande vinho.

Há quem se dedique a descortinar vida fora inúmeros vinhos (sabores, aromas, cores, etc) e no fim, morra, sem ter percebido nada afinal. Que se lixe, eu também pouco ou nada percebo…

É a vida, a própria vida, quer queiramos ou não…

Mas uma coisa é certa: este vinho é de facto um belíssimo vinho.

Ricardo Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *